Como conseguir aprovação de financiamento imobiliário? Conheça o passo a passo!

Você quer realizar o sonho do apartamento próprio e entender como conseguir aprovação de financiamento imobiliário? Então, recomendamos que leia este artigo até o final! 

O processo para aprovar o financiamento de imóvel é um pouco complexo, leva tempo e exige algumas comprovações do futuro comprador. Porém, assim que tudo é resolvido você tem aquela sensação de “consegui, estou mais perto do meu sonho”! Para que você possa chegar lá, separamos um passo a passo com as principais dicas para conseguir aprovar o crédito imobiliário com a Caixa Econômica Federal ou outro banco de sua preferência. Vamos lá? 😉

Passo 1: Ter renda compatível com o financiamento de imóvel

Ter uma renda compatível com o valor do apartamento que deseja comprar é o primeiro passo para conseguir aprovação de crédito imobiliário. O que isso quer dizer? Os bancos aceitam o comprometimento de renda de até 30% do seu salário para pagar uma parcela do financiamento imobiliário. Portanto, você só vai conseguir comprar um imóvel que se encaixe dentro desse valor.

Já explicamos o cálculo em outros conteúdos do blog, mas não custa relembrar aqui. Quem tem uma renda de R$ 3.000,00, por exemplo, consegue assumir um financiamento imobiliário com valor mensal de até R$ 900,00. Isso se a pessoa não tiver outro comprometimento de renda como parcelas de carro ou empréstimo para pagar.

Portanto, o ideal é buscar ajuda de um parceiro(a) para somar o valor das rendas quando você deseja comprar um imóvel em que a parcela do financiamento imobiliário fica maior do que 30% da sua renda bruta. Vale lembrar que essa pessoa também precisará estar de acordo com os próximos itens citados ao longo deste artigo. 

Passo 2: Não ter restrição de crédito no seu CPF

Um aspecto muito valorizado pelos bancos é o nome limpo das pessoas que buscam um financiamento imobiliário. Por isso, é muito importante que você saiba assumir apenas as dívidas que consegue pagar. Caso contrário, você fica com o seu nome marcado no mercado e diminui as suas chances de conseguir aprovação de crédito imobiliário. 

Sabemos que muitas situações podem ocorrer ao longo da vida de uma pessoa, prejudicando o pagamento de dívidas. Porém, agora você já sabe: o melhor é controlar bem o seu dinheiro para mostrar ao banco que consegue pagar um financiamento de imóvel. 

Passo 3: Ter mais de 3 meses de carteira assinada

O tempo de carteira assinada também é considerado pelos bancos na hora de fornecer um financiamento imobiliário. Como isso funciona? Antes de encaminhar a sua documentação para a instituição financeira, o corretor pedirá o seu comprovante de renda dos últimos meses e a sua carteira de trabalho. 

Esses documentos serão avaliados pelo banco, uma vez que o tempo de carteira assinada também indica uma estabilidade financeira maior. Afinal, quem não tem 3 meses ainda está em fase de experiência na empresa. 

Passo 4: Ter 3 anos de FGTS ou dinheiro guardado

O saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado para o financiamento de imóveis. Porém, ele só é liberado quando a pessoa já tem, pelo menos, 3 anos de carteira assinada ao longo de sua vida.

O valor do FGTS pode ser utilizado de diferentes formas dentro de um financiamento imobiliário. Uma delas é para dar a entrada no seu apartamento e a outra é para abater as parcelas ao longo dos anos.

Caso você não tenha esses 3 anos de carteira assinada, a sugestão é ter um dinheiro guardado na poupança para usar como valor de entrada. Isso porque qualquer modelo de financiamento – seja pelo programa Casa Verde e Amarela ou na modalidade SBPE – exige uma contrapartida financeira do comprador. O valor de entrada pode ser pago de uma só vez, em alguns casos, ou por meio de parcelas mensais quitadas junto à construtora responsável pelo empreendimento. 

Passo 5: Abrir conta corrente no banco 

Outro fator importante para aprovar crédito imobiliário na Caixa ou em outro banco é a abertura de conta corrente e uso de outros pacotes de serviço do local em que busca o financiamento. Isso porque você cria um vínculo com a instituição financeira e passa a usar os seus recursos. Também é importante fazer a portabilidade do salário, uma vez que a parcela do financiamento será descontada diretamente dessa conta.

crédito para financiamento imobiliário

Cartão Caixa – Fonte site da Caixa Econômica Federal

Afinal, como conseguir aprovação de financiamento imobiliário?

Ao seguir os passos listados nos tópicos anteriores será muito mais fácil de conquistar o seu financiamento de imóvel. Todavia, vale lembrar que o processo é muito particular e outros fatores podem facilitar o acesso ao crédito imobiliário.

Quem busca um financiamento do programa Casa Verde e Amarela, por exemplo, pode receber subsídio do Governo Federal (ajuda de custo) para conquistar o apartamento. O valor vai variar de acordo com a renda e a situação familiar (quem tem filho pode conseguir um valor maior).

Veja um exemplo de simulação de renda:

Apartamento com valor de R$ 140.200,00

Renda: R$ 2.000,00 

Média de parcela mensal com a Caixa: R$ 600,00

Valor Financiado pelo banco: R$ 109.161,40

Recurso Próprio: R$ 18.121,60 (pode ser pago à vista ou muitas vezes parcelado com a construtora)

Subsídio do Governo: R$ 12.917,00 (aproximadamente)

Esse é apenas um exemplo de simulação de financiamento imobiliário. Os valores podem mudar conforme a situação de cada cliente, como o núcleo familiar, saldo do FGTS, se tem filho ou não.

Pronto! Agora ficou mais fácil de entender como conseguir aprovação de financiamento imobiliário, certo? Basta seguir o passo a passo e conversar com um corretor para entender as particularidades do seu caso. Que tal aproveitar a visita e conferir mais dicas para juntar dinheiro para comprar um imóvel? Boa leitura! 😀

 

Compartilhar:
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

QUERO

COMPRAR

TIRE SUAS

DÚVIDAS

SIMULE SUAS

PARCELAS

FALE COM UM

CONSULTOR