Tem restrição de crédito? Entenda como isso pode impactar o financiamento

Você sabia que a restrição de crédito pode impactar o seu financiamento? Em 2020, 48% dos brasileiros ficaram com o “nome sujo” em algum período do ano. A pesquisa foi feita pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço Nacional de Proteção de Crédito (SPC). 

Ficar com o CPF negativado pode impactar na sua chance de conquistar um financiamento para a compra do seu imóvel próprio. Quer entender mais sobre o assunto? É só continuar a leitura! 👇

O que é restrição de crédito?

A restrição de crédito é como se a pessoa recebesse uma marcação em seu nome para identificar que não honrou com os pagamentos mensais. Essa identificação pode ser feita pela empresa que não recebeu o pagamento da conta. Com esse cadastro negativo, outras empresas terão acesso a essas informações e poderão se recusar a fazer qualquer venda parcelada.

Por que a restrição de crédito pode dificultar o financiamento de um imóvel?

Na hora em que a pessoa busca um financiamento imobiliário, o banco solicita informações pessoais para fazer a análise de crédito e o contrato. Nesse momento, qualquer dívida no nome pode aparecer, inclusive se o CPF está negativado. Sendo assim, o banco pode entender que você não é um bom pagador e, por isso, não vai liberar crédito para financiamento. 

Além de avaliar uma possível restrição de crédito no seu nome, a instituição financeira vai verificar qual é o seu rendimento mensal e as suas condições de pagar as parcelas. Geralmente, o banco só aceita um comprometimento de renda de até 30%. Entenda mais como isso funciona com o exemplo abaixo:

Renda Bruta (sem descontos e comprovada na folha de pagamento): R$ 2.500,00

30% de R$ 2.500: R$ 750,00

Sendo assim, uma pessoa que ganha o valor mensal de R$ 2.500,00 consegue financiar um imóvel que se encaixe em parcelas de até R$ 750,00. Vale lembrar que o banco também avalia se você tem outros empréstimos e financiamentos no nome.

O que isso significa? Vamos voltar ao exemplo anterior com o comprometimento de até R$750,00. Se essa pessoa tiver um financiamento de veículo com parcelas mensais de R$300,00, ela só poderá comprar um imóvel que exija um valor de até R$ 400,00 por mês.

Perguntas feitas pelo corretor

Muitas pessoas estranham quando o corretor faz muitas perguntas durante uma conversa, mas elas são importantes para entender o perfil de compra de cada cliente. Além disso, muitas informações são necessárias para que ele consiga fazer a simulação de um financiamento.

#DicadaKA: responda com sinceridade para que o corretor consiga passar uma avaliação correta sobre o seu potencial de compra. Caso contrário, você poderá ser encaminhado para um imóvel que não tem condições de pagar, resultando em uma negação do banco ao seu pedido de financiamento. 

Viu como é importante evitar uma restrição de crédito para conseguir financiar um apartamento? Então, se gostou dessas dicas aproveite para compartilhar o conteúdo com os seus amigos! Quem sabe eles precisam e uma ajuda extra para encontrar o apê ideal? 🤩

 

Compartilhar:
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

QUERO

COMPRAR

TIRE SUAS

DÚVIDAS

SIMULE SUAS

PARCELAS

FALE COM UM

CONSULTOR