O CUB (Custo Unitário Básico) é um dos principais indicadores da construção civil do Brasil. O objetivo é mensurar as variações de custos básicos da construção no país e pode ser utilizado para reajuste de preços em contratos de compra e venda de imóveis, inclusive na planta.

 

Mensurado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o índice CUB, considera:

● Insumos: materiais e mão de obra;

● Despesas administrativas: contabilidade e gastos gerais;

● Equipamentos: considera uma seleção de objetos para o cálculo.

 

Historicamente, o índice não tem grandes oscilações, salvo no período de reajustes salariais dos trabalhadores da construção – que pode variar de estado para estado. Desde 2010, este indexador permanece entre 5 e 9% ao ano.

 

Antes de comprar um imóvel, sobretudo na planta, em que o contrato seja indexado pelo CUB ou qualquer outro índice, planeje-se!

O CUB/m2 é calculado mensalmente em cada estado através do Sinduscon e deve ser divulgado até o dia 05 de cada mês. No nosso caso é Calculado pelo Sinduscon- SC, e todos podem consultar a tabela do CUB gratuitamente nesse link: http://sinduscon-fpolis.org.br/index.asp?dep=56

Segue um exemplo de contrato indexado com variação do cub:

Primeiro vamos analisar a tabela de variação do CUB do ano de 2015:

Fonte: Sinduscon-SC

De janeiro até agosto tivemos uma varição de 7,29% no valor da unidade do CUB. Então, uma unidade de CUB no mês de janeiro era R$ 1.425,91 e no mês de agosto era R$ 1.526,37. Esses 7,29% é a variação do CUB.

Na compra de um apartamento no valor de R$ 130.000,00 (cento e trinta mil reais), onde R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais) foi financiado e o restante, R$ 20.000,00 (vinte mil reais), foi parcelado em 24 parcelas direto com a construtora corrigido pelo CUB. O valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) é convertido em CUB’s. Dividindo os R$ 20.000,00 (vinte mil reais) pelo valor do CUB vigente no mês da negociação (R$ 1.425,91 – janeiro/2015), temos o valor em CUB, 14,026. O valor de 14,026 CUB’s é que temos que dividir por 24 parcelas, chegamos no valor da parcela, que é

0,584 CUB’s. Aqui onde temos que ter muita atenção, não dividimos R$ 20.000,00 em 24 parcelas, e sim os 14,026 CUB’s , que ficou com a parcela de 0,584 CUB’s por mês.

No mês de fevereiro os 0,584 CUB’s convertido em Reais é R$ 835,34. No mês de março o valor em Reais é R$ 836,94, e assim mês por mês temos que fazer o cálculo de conversão dos valores em CUB para REAIS, que é feita da multiplicação do valor da parcela em cub (0,584 CUB’s) pela cotação da unidade do CUB do mês (R$ 1.425,91 – fevereiro/2015). Por isso temos pequenas variações no valor da parcela.

Um outro exemplo bem simples é fazer a conversão de moedas do Dólar para o Real. Em uma dívida de U$ 50,00 (cinquenta Dólares) aonde a cotação do Dólar no dia é de R$2,60, a valor a ser pago em Reais de R$ 130,00. Mas no dia seguinte a cotação do Dólar é de R$2,80, e o valor corrigido pelo Dólar passa a ser R$ 140,00.

Agora ficou simples, sempre que alguém tiver uma dúvida sobre o CUB, você terá a resposta na ponta da língua.

Compartilhar:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

VEJA TAMBÉM